Preparando o suporte para a Pintura Encáustica

A pintura encáustica necessita de um suporte firme e resistente e uma superfície porosa que absorva bem as camadas de cera. Conheça neste post como preparar a base para a sua arte!

Em geral nos cursos de pintura encáustica aqui no Ana Carmen Ateliê de Arte, trabalho com MDF de 6 mm cortado em quadrados de 13 x 13 cm.  O suporte é o MDF, mas poderia ser qualquer tipo de madeira, cerâmica ou mesmo papel. A superfície é o onde se pinta. No curso de pintura encáustica cada quadrado de MDF é pintado com duas a três camadas de tinta látex branca e depois colo cartolina branca. Desta forma a superfície está preparada para receber qualquer tipo de projeto que vamos desenvolver durante os cursos.

A escolha do formato 13 x 13 cm é didática, pois é um tamanho fácil de controlar e de aprender a usar o pincel, passar a cera diluída e aprender a controlar o soprador de ar quente. Sempre recomendo aos meus alunos que aumentem o tamanho da superfície a ser trabalhada conforme o seu próprio desenvolvimento dentro da pintura encáustica.

A CasaGaleria e Oficina de Artes Loly Dermercian me convidou para fazer uma exposição individual em março de 2019. Loly me instigou a trabalhar com formatos maiores e a deixar alguns resíduos do processo para o espectador entender melhor essa técnica milenar.

Combinei com ela que iria aumentar aos poucos as áreas a serem trabalhadas. Para grandes formatos é importante fazer uma moldura para o suporte de MDF não envergar.

Comprei MDF 6 mm de 100 x 50 cm, ripas de pinus de 2 x 2 cm e trouxe para o ateliê para começar a montar o meu suporte.

Aqui no ateliê fazemos de tudo, faço as encáusticas básicas e pigmentadas, faço também os suportes para recebê-las. Compramos para facilitar o recorte dos cantos da moldura uma serra meia-esquadria.

Tenho um técnico para me ensinar a trabalhar e descobrir novas ferramentas para facilitar o trabalho e ajudar a melhorar qualidade do que venho fazendo.

Cortadas as ripas da moldura colei no suporte de MDF, usei uma pinadeira elétrica para pregar. Depois de colada e pregada virei a superfície para cima e pintei com tinta látex branca até toda a superfície ficar bem branca.

Nesse projeto não havia necessidade de usar um papel na superfície, mas queria uma superfície branca para ajudar na luminosidade da pintura.

Com toda a superfície totalmente branca passei quatro camadas de encáustica básica deixando toda a superfície bem lisa como tivesse sido vitrificada.

Ter uma base bem feita para a sua pintura encáustica lhe oferece segurança de que seu trabalho estará vibrando e mostrando aquilo que você procura com a certeza que irá ser resistente e durável.


Ana Carmen Nogueira, Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie. Graduação em Artes Plásticas. Especialista em Educação Especial com aprofundamento na área de deficiência visual e Arteterapeuta.  Desenvolve pesquisa de pintura encáustica, ministra cursos desta técnica no Ana Carmen Nogueira Ateliê de Artes.

Siga-nos nas redes sociais!

Facebook: www.facebook.com/anacarmenart Instagram: @anacarmenart Youtube: www.youtube.com/c/EncausticaAnaCarmenAtelie Pinterest: br.pinterest.com/anacarmenart www.anatelie.art.br

#Arteencáustica #baseparaencáustica #encáustica #oqueéarteencáustica

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo