Orientações para iniciantes sobre a arte da Encáustica

Sou fascinada pela arte da encáustica e por sua aparência misteriosa e suave.


Todas as camadas de cera são incrivelmente intrigantes e, muitas vezes parece ser um grande mistério de como elas foram criadas.

Só para dar um exemplo, a partir da foto acima elaborei uma pintura encáustica querendo passar a atmosfera que experenciei na varanda da casa de minha amiga Claribel Fornazari em Ubatuba, SP. A varanda da casa da Bel(2015), possui uma grande gama de verdes em diferentes camadas, que parecem flutuantes.


Adicionei colagens com folhas secas que foram coletadas no local e no centro do quadro uma luz branca invade a mata. Tudo é enfumaçado, macio e texturizado.

A varanda da casa da Bel


Para aqueles que ainda não estão conhecem a pintura encáustica, ela é uma mistura de cera de abelha + resina + pigmento. Essa cera é aquecida e aplicada sobre painéis de madeira. As aplicações são feitas em camadas para criar efeitos mais opacos, ou mais translúcidos, e pode ser combinada com colagem (como fotos, papel, folhas, etc). Cada camada de cera também pode ser raspada, texturizada ou polida para oferecer uma variedade de acabamentos.


As possibilidades são infinitas – as pinturas encáusticas podem ser abstratas ou realistas, finas ou vigorosas.


Se você se interessa em ter seu próprio ateliê de pintura encáustica, aqui estão alguns materiais que são importantes para iniciar sua aventura:

  1. Placas de madeira

  2. Encáustica básica (cera de abelha + resina)

  3. Encáustica pigmentada (cera de abelha+resina+pigmento)

  4. Bandeja Elétrica ou grill com controle de temperatura

  5. Materiais para colagem

  6. Ferramentas de raspagem e de riscar

  7. Soprador (pistola de ar quente) ou maçarico a gás

  8. Pincéis de cerdas naturais

Como começar a pintar com encáustica


1. Derreta a cera

A encáustica é preparada pela fusão da cera de abelha com a resina. A temperatura ideal está entre 82° C e 102° C. Cada artista faz suas próprias escolhas em relação ao tipo de cera de abelha usar e o que acrescentar a ela. Tenho usado 80% de cera de abelha clarificada com 10% de cera de carnaúba e 10% de resina damar ou breu. Essa mistura chama-se médium encáustica. No entanto, batizei com o nome de Encáustica Básica.

2. Pinte com sua cera

Com a cera completamente derretida, faça a primeira camada com pincel em uma placa de madeira ou qualquer suporte rígido e absorvente. Neste momento, apenas familiarize-se com o médium e brinque com a cera ao colocá-la na placa.


Veja como se comporta. Ao passar o pincel com a cera quente, perceba como é aromática e amanteigada. Esse processo por si só, já é uma experiência a ser desfrutada.

Ao colocar sua primeira camada de cera, lembre-se de que a encáustica é composta de finas camadas de cera. A cada nova camada faça a fusão com o soprador de ar quente. O pincel e cera devem permanecer na temperatura ideal (82° a 102° C).


3. Colagem

Você pode fazer colagem entre camadas de cera, com diferentes matérias como uma flor seca ou um pedaço de jornal, uma antiga foto, tudo pode ficar muito interessante.


O material que você colocar primeiro ficará nas camadas de cera mais profundas e não aparecerá tão bem quanto os itens que você coloca na parte superior. Você pode criar efeitos diferentes dependendo de onde você coloca.

Nesse trabalho, fiz uma colagem com orquídeas secas que caíram do vaso de minha sala.

4. Faça a fusão a cada camada de cera

Uma parte muito importante da pintura encáustica é a fusão das camadas de cera. Cada vez que você passar uma camada de cera, você deve fundir a cera, suavemente, com uma pistola de ar quente. Para usar a pistola de ar quente recomendo que use com cuidado, com temperatura alta e a potência do sopro baixa. A fusão é importante para que as diferentes camadas fiquem unidas suavizando qualquer textura irregular.

5. Raspe, risque e texturize

Depois de obter algumas camadas, faça desenhos ou texturas na cera raspando com qualquer tipo de objeto pontiagudo. Divirta-se experimentando! Você pode fazer padrões ou criar linhas abstratas.

6. E isso é apenas o começo. . .


Há muitas outras técnicas para descobrir na pintura encáustica. Incluem o uso de ceras coloridas, o uso de pequenas quantidades de tinta a óleo e muito mais.

À medida que você avança no universo da pintura em encáustica, não deixe de incorporar sua própria poética ao processo. O médium de cera é apenas parte da expressão. A verdadeira magia da encáustica é deixar o seu estilo fluir através dessas camadas de cera, flutuando através da superfície para que todos possam vê-la.


Se quiser aprender mais, conheça os cursos de pintura encáustica do Ana Carmen Ateliê de Arte, na aba “cursos”.


Ana Carmen Nogueira, Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie. Graduação em Artes Plásticas. Especialista em Educação Especial com aprofundamento na área de deficiência visual e Arteterapia. Desenvolve pesquisa de pintura encáustica, ministra cursos desta técnica e atua como Arteterapeuta no Ana Carmen Ateliê de Arte.


Ana Carmen Nogueira Ateliê de Artes


Siga-nos nas redes sociais!

Facebook: www.facebook.com/anacarmenart Instagram: @anacarmenart Youtube: www.youtube.com/c/EncausticaAnaCarmenAtelie Pinterest: br.pinterest.com/anacarmenart www.anatelie.art.br

#Arteencáustica #iniciantesemencáustica #oqueéarteencáustica

43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo